qa4
Ambientación
Historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro, historia del foro,
1
2
3
4
5
6

[FP] WALKER, Violet.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] WALKER, Violet.

Violet Walker
Humana
17 anos
Judith e Sebastian




New Orleans.
Características:
Violet sempre foi uma garota quieta e meiga, adorava passar seu tempo desenhando e ouvindo música. É simpática e não falta com respeito aos outros, desde que ninguém faça o mesmo com ela. Apesar disso é irônica, sarcástica e até um pouco extrovertida. Um pouco inocente quando se trata das criaturas sobrenaturais e confia muito nas pessoas.
Conhecida pelos seus longos cabelos loiros, Violet possui um rosto redondo, a pele pálida e bonitos olhos castanhos escuros. Não é muito alta, porém possui um corpo esbelto, com curvas pouco desenhadas.

História:
Violet sempre acreditou em contos de fada, pelo menos nas partes onde o bem sempre prevalecia, onde havia o “felizes para sempre”, mas a sua experiência de vida a fez mudar de ideia.
O bem nunca prevalecia, muito menos quando se falava da vida real. Nenhuma pessoa era totalmente boa, nenhum humano. Nenhuma criatura.
●••●

Na calada da noite do dia 3 de dezembro, um bebê fora abandonado na porta da casa de uma das mais influentes famílias da cidade de New Orleans.
Tal boato durou cerca de semanas até ser confirmado pela matriarca da família Walker, Judith. Ela afirmara categoricamente que ela e o marido ficariam com o bebê e ainda acrescentou que estavam completamente fascinados pela menina.
O que ninguém sabia sobre a família Walker era quem eles realmente eram ou melhor, o que eles eram. Todos na família eram lobisomens, inclusive o pequeno Thomas, de seis anos na época. Mas nem isso era capaz de ocultar o amor que era nítido entre os membros daquela família.
Judith e Sebastian, seu marido, decidiram chamar a menina de Violet e a criaram como se ela fosse realmente sua filha.
Violet cresceu e se tornou uma menina meiga, absurdamente apegada ao irmão mais velho. Ela seria capaz de fazer tudo por Thomas, assim como ele por ela.
Nunca esconderam de Violet que ela não era realmente filha do casal, apesar de a amarem como se realmente fosse e também nunca esconderam que eram lobisomens.
Ser criada nesse meio impediu que ela tivesse medo disso ou achasse algo fora do normal, mas do mesmo jeito mantinha o segredo da família.
Na escola Violet era cercada de amigos, apenas por causa do sobrenome que carregava. Durante as aulas, a garota lia seus livros e desenhava, algo que tinha se tornado um grande passatempo, diria até mesmo uma paixão.
Então Thomas fora embora de casa para um colégio especial. Foi tudo o que seus pais lhe disseram, mas a saudade que sentia do irmão era muita.
Mesmo não sendo da mesma família, amava-o como se realmente fosse.
●••●
Meses depois, o conto de fadas distorcido de Violet acabou.
A mansão foi invadida por dois Caçadores, um homem e uma garota, passando-se por pai e filha perdidos. Os Walker’s lhe deram abrigo e forneceram o telefone que o homem pediu, foi quando iniciaram o ataque.
A primeira a morrer foi a irmã de Sebastian, Meredith. A garota fincara a adaga de prata em seu peito tão rápido que a última coisa que Violet viu foi o olhar de choque congelado no rosto da tia.
O homem partiu para cima de Sebastian e ambos travaram uma luta quase mortal, até ele conseguir atingir o patriarca. Judith foi a última a morrer. A garota se preparou para matar Judith, quando o homem surgiu atrás de Violet, segurando-a pelos ombros, com uma faca contra sua garganta.
— Ela não! — gritou Judith — Violet é apenas humana.
Os Caçadores trocaram olhares confusos. O aperto do homem afrouxou levemente.
— É verdade? — perguntou a garota, sem desviar os olhos de Judith.
O homem saiu de atrás de Violet e pegou o pulso dela abruptamente, fazendo um corte.
— Não queimou. A loba falou a verdade.
A garota fincou a adaga de prata no coração de Judith.
●••●
Quase dezessete horas depois, Violet ainda estava em choque. Quando os policiais chegaram na casa, ela chorava abraçada ao corpo sem vida da mãe. Fora preciso dois policiais para a retiraram de perto.
Agora a menina estava em seu quarto, com um policial em cada porta, sentada na cama, olhando para o nada. Em sua mente, imagens dos seus pais sendo assassinados era tudo o que vinha. As imagens fortes faziam cada vez mais lágrimas escorriam pelo seu rosto.
— Eu sou o tio dela! — afirmou Chris, quando um dos policiais o barrou.
— Senhorita? — o policial chamou.
— Ele pode entrar.
Chris se apressou a entrar no quarto da sobrinha e a abraçou apertado. A consolou por alguns minutos.
— Os policiais me ligaram e contaram do que aconteceu. Eu sinto minuto, Violet. Os Caçadores irão pagar.
Violet assentiu, de acordo.
— Como seu único parente vivo… Bom, tenicamente, eu vou ficar com a sua guarda e com a de Thomas. Eu ainda tenho uma leve inclinação para as leis mortais.
O tio revirou os olhos e Violet quase teve vontade de sorrir. Chris deveria ser mais velho que seu pai, mas sua aparência era quase a mesma que a de Thomas. Resultado de ter sido mordido por um vampiro em sua adolescência. Diferente de Sebastian, que foi mordido por um lobisomem.
— Eu não quero atrapalhar, tio…
— E não vai. Eu posso te deixar por conta própria e mandar uma quantia em dinheiro por mês ou você também pode ir para o Norfoy comigo e com seu irmão, a escolha é sua.
— Eu vou para o Norfoy.
Ficha de Personagem.

CREDITS @

Mensagem por Violet Walker em Seg Jun 23, 2014 7:42 pm

avatar
Humanos
Humanos

Mensagens : 7
Data de inscrição : 23/06/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] WALKER, Violet.

APROVADA


Pimpa, Supimpa, eu sou tua pinta...
...Pelo menos na Esquina várias mina grita ♪

Mensagem por Draco W. Aragorn em Seg Jun 23, 2014 7:49 pm

avatar
Corpo Docente.
Corpo Docente.

Mensagens : 6
Data de inscrição : 16/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum